Viagem de Ida
Rosário do Sul - Alegrete - Uruguaiana - Itaqui
Viagem de Volta


O Alegrete.

Pois meu chefe vinha mordendo o freio (estar ansioso) para conhecer o Alegrete.

Terra de tanta gente famosa e de amigos do próprio, logo de cara vi que a cousa ia ser complicada pra ele.

De prima, eram umas duas da tarde e ele vinha largando faísca na estrada pra chegar logo. Pra chegar antes, ainda vinha ouvindo a Rádio Alegrete, 590 AM, na voz do locutor Ronaldo.

E... ops.........

Passou flechado por uma minúscula seta que dizia "Alegrete".

"- Mas que barbaridade! Uma cidade tão famosa com uma entradinha michuruca dessas!"

Volteou o pingo e entrou pelo caminho, que cá entre nós, pra quem conhece, é coisa braba mesmo. Deu de cara com um obelisco, que já foi fotografando.

Pergunta daqui, pergunta dali, conseguiu chegar até a Prefeitura pra pedir informações turísticas.

Entonces...

Hahahaha, se aprepare vivente, guria, por que foi uma coisa muy engraçada.

Então...

** NA PREFEITURA **

O patrão cheio da balaca entrou com a patroa no prédio. Óculos escuros, câmera Nikkon pendurada, filmadora e coisa e tal. Isso bem numa sexta-feira a tarde. Dia útil pralguns, final-de-semana já pra outros.

Se encostou no balcão, disse que era de um jornal de Porto Alegre e perguntou onde é que pegava prospectos turísticos da cidade. A moça o levou até o assessor do prefeito.

Hehehehe, e o patrão cheio das cousas, se achando o máximo. "Assessor do prefeito o atendendo".

Veio o assessor, de paletó e gravata, e o encaminhou para a "imprensa social".

Mas que tal, hein?! Imprensa Social. Esse meu chefe é dos graúdos mesmo.

Lá chegando, um cidadão estofado e atirado na poltrona, mal se levantou para cumprimentá-lo.

Patrão querendo ir logo visitar os locais, foi falando:

- Boa-tarde, seo fulano. Meu nome é Roberto, sou de um jornal de internet de Porto Alegre e queria indicação de alguns pontos turísticos para fotografar, aqui na sua cidade.

- Ah, mas isso o senhor pode pegar tudo no nosso site de internet.

- Ah, que bom. Mas acontece que não estou na internet agora, estou aqui na sua frente, então gostaria de umas dicas de onde ir.

- Por que o senhor não vai à noite em nosso encontro de jovens tradicionalistas?

Nessa hora meu chefe torceu o pescoço pro lado e largou um "chêêêêêêêê" bem comprido e baixo.

Lá na estância isso é prenúncio de irritação e temporal.

- Mas escuta vivente, eu quero OS PONTOS TURÍSTICOS da tua cidade. Se tu não tens prospecto não faz mal, me dá uns 3 lugares que eu já vou.

- Pois é, a secretaria de turismo fica a umas vinte quadras daqui. Talvez fosse melhor o senhor ir até lá.

- Mas como?! Me diz onde fica a igreja, o clube, a ponte, o monumento, o museu, que isso tem em tudo quando é cidade, e eu já vou.


O resumo da história acima é que o patrão resolveu passar no museu, que ficava do outro lado da quadra e segundo o assistente, ficava aberto ao meio-dia.

Qual... Fechado.

- Entonces vamos almoçar ali mesmo, na outra quadra da praça, no Clube Casino Alegretense.

O almoço dele foi bueno e ali ainda encontrou um taura chamado Cleir, que trabalha na secretaria do clube, que indicou pra ele visitar:

  1. Instituto de Educação Osvaldo Aranha
  2. Museu Osvaldo Aranha
  3. Ponte Borges de Medeiros
  4. Parque Dr. Lauro Dornelles

E foi o que o chefe fez.

Em Alegrete a presença militar é ostensiva. Os carros que deixam as crias no colégio tem emblema militar, o pessoal que passa de moto vai fardado, e assim por diante.

O Instituto Osvaldo Aranha é uma escola bem grande, mas grande mesmo, macanuda. Pra chegar até lá, se vai por uma alameda sombreada por árvores e com passeio pro pedestre bem no centro da avenida. Lugarzinho bom prum mate do final de tarde, uma barbaridade.

Espia as fotos:


Clube Juventude

Clube Casino Alegretense

Colégio Divino Coração


Instituto Osvaldo Aranha

Centro Cultural de Alegrete

praça principal


Ponte Borges de Medeiros

Ponte Borges de Medeiros

Jaquelinda na Alameda

» Clica aqui para ver Uruguaiana.