Gaudêncio Sete Luas tem um Canto de Saudades

Autoria: Luiz Coronel

Atirei minha saudade
lá no fundo do riacho.
As águas foram gemendo
chorando ladeira abaixo.

Atirei minha saudade
lá no fogo da fogueira.
Quando o fogo virou cinza
a saudade estava inteira.

Pra bem fugir da saudade
eu montei na ventania.
Corri mundo e a saudade
na garupa me seguia.

Origem: Livro "Lunarejo - antologia poética regional", autoria de Luiz Coronel. Tchê! Editora Ltda. 1987.

Publicado por Roberto Cohen em 29/05/2001.

Editado por Roberto Cohen em 09/01/2004.