O cantor Leopoldo Rassier, funcionário público aposentado, marcou o nativismo pela interpretação de clássicos como “Sabe Moço”, “Não Podemo se Entregá Pros Home” e “Veterano” (foto Luiz Armando Vaz, Banco de Dados/ZH – 5/4/98)